Pra quem ama estórias policiais e um bom mistério, com certeza esse anime vai agradar e muito.

Gosick se passa numa escola renomada de um país chamado Sauville, acredito que o tempo em que se passa chega a ser bem pouco antes da segunda guerra mundial.

Mas indo direito ao assunto, tudo começa quando o ceifador negro (Kujo) entra para a escola Srt. Margarida, não só nessa escola, mas como em todo território de Sauville é recheado de lendas, contos e histórias de fantasma em geral e o povo é sempre muito supersticioso, o que é umas das coisas que, com certeza, dá um tcham a mais ao desenho e também a forma como essas lendas se encaixam na vida dos personagem e esse é o motivo pelo qual as pessoas da escola o chamam de ceifador negro e não são lá muito sociáveis com ele. Uma das professoras dá a ideia de que Kujo lesse histórias sobre fantasmas, para poder contar pra turma e fazer novos amigos.

Kujo aceita a proposta da professora e vai a biblioteca (e que biblioteca aquela), quando pega um livro e começa a folhear e acha um fio de cabelo dourado, ao olhar para o andar mais alto da biblioteca ele percebe um grande brilho vindo de lá e resolve ir lá em cima saber o que é. No último andar há um lindo jardim botânico e ele se depara com uma garota que mais parece uma daquelas bonecas de porcelana, uma garota muito  estranha por sinal e que diz coisas mais estranhas ainda, uma delas é prever parte de seu “futuro”, assustado com o que a garota diz Kujo sai correndo daqui.

No outro dia Kujo acaba descobrindo que ela é uma das alunas da escola, ou melhor que ela é uma de suas colegas de classe. A professora acredita que eles já se tornaram amigos, então pede para que ele entregue alguns impressos para ela e assim como Victorique tinha previsto, ele tem que voltar até onde ela está naquele dia.

Voltando ao jardim botânico da biblioteca,Kujo começa a conversar com Victorique e então surge um homem com um penteado além de estranho, Victorique apresenta-o como Grevil, ele chega sem dar muita importância para eles e começa a contar sobre um caso de assassinato, que logo é resolvido pela garota e então Grevil sai como se nada tivesse acontecido.

No outro dia Kujo vê no jornal que Grevil vai receber alguns prêmios por ter desvendado aquele caso que ele tinha contado para Kujo e Victorique e que, obviamente, não havia sido Grevil que tinha desvendado. Um dos prêmios que Grevil tinha ganhado era um iate de luxo, logo, Kujo decidiu que nada seria mais justo do que Grevil compartilhar aquilo levando Victoria e ele para passar o final de semana navegando com ele no iate.

Quando tudo parecia normal e eles iriam começar sua viagem surge novos acontecimentos estranhos…

Como eu já havia dito anteriormente para quem gosta de um bom mistério esse anime, com certeza, vai agradar, principalmente por que cada caso costuma se relacionar as lendas e a própria história de Victorique. Há cada caso que nos deparamos surgem novos detalhes sobre a vida de Victorique e claro que Kujo nunca fica por fora de nenhum deles, sempre a ajudando a descobrir os detalhes, apesar de não parecer muito que ela precise de alguma ajuda pela sua inteligência além do convencional.

Em vários momentos esse anime me fez lembrar de Sherlock Holmes e até mesmo Death Note, o que foi um ponto positivo, já que, eu adoro os dois.

Victorique: No começo ela parece ser uma menina mimada e prepotente, sempre querendo mandar e fazer o que quiser,  como quiser e na hora que quiser, sempre parece que ela nunca precisa de ajuda, por ser muito inteligente, mas ao passar dos episódios percebe-se que ela também tem um lado meigo e gentil, que talvez tivesse sido um pouco apagado pelas coisas que ela já viveu, e que seu jeito rude é apenas um jeito de se auto-preservar.

Kujo: Ele sempre é um menino muito gentil, apesar dos colegas de escola não gostarem de ficar perto dele e saírem fugindo como se ele fosse algum tipo de assombração, não me parece que ele guarde mágoas. Como ele é o terceiro filho de um soldado imperial do japão, vive se esforçando ao máximo no que faz, para tentar trazer orgulho a sua família e principalmente ao seu pai. Com Victorique ele não é diferente, sempre muito atencioso com ela, apesar das diversas birras que ela faz constantemente, as vezes ele perde um pouco a cabeça e briga com ela, mas no instante seguinte já está pensando em dar a ela algo que vá agradá-la

Não vou falar muito sobre os outros personagens por que se não vou acabar spoilando muitas coisas então esse post acaba por aqui e deixo pra vocês um vídeo com a abertura do anime e também o site pelo qual baixei.

Quer baixar Gosick? Então CLIQUE AQUI.

Anúncios

»

  1. Dasty-Sama disse:

    Já ouvi falar desse anime, mas ainda não tive a oportunidade de assistir. Parece ser super legal 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s